1 de dezembro de 2016

Preliminares: aprenda a levar o parceiro à loucura

As preliminares são famosas por deixarem a mulher mais receptiva para o sexo, certo? Sim, mas não só as mulheres. Os homens também precisam desses preciosos momentos antes da hora H.

Contudo, para muitos homens, sexo digno do nome começa com uns beijinhos para esquentar, passa rapidamente para os amassos e chega ao fim num piscar de olhos. Quando o encontro termina, ele até acha que foi bom, mas fica com a sensação de que poderia ter sido muito melhor, embora não tenha ideia do que faltou. E, não raramente, ela, por sua vez, finge um orgasmo louco ou sai frustrada por não ter chegado a lugar algum.

Mas esse conceito precisa mudar, acreditam os especialistas: “É verdade que o homem chega a ejacular sem preliminares, mas em geral é consequência da ansiedade e não do prazer que vem com a excitação. A pressa toda também pode ser indício de uma disfunção sexual causada pela ansiedade, a chamada ejaculação precoce”, diz Dulce Barros, psicoterapeuta e sexóloga.

Sexo sem pressa

Não, os sexólogos não declararam a obrigatoriedade das preliminares no início de cada transa. Mesmo por que, em se tratando de sexo, não devem existir regras fixas. O que é prazeroso para um, pode ser desconfortável para muitos. Mas que as preliminares ajudam a melhorar a qualidade do prazer sexual masculino, os especialistas não têm mais dúvida. “Elas são importantes porque ajudam a relaxar antes de chegar à excitação e ao orgasmo”, afirma Dulce.

Explicando melhor: para que aconteça a ereção, é necessário que haja vasodilatação (aumento dos vasos sanguíneos) para que ocorra maior irrigação do pênis e ele esteja pronto para a penetração. Na ansiedade, ao contrário, existe vasoconstrição, por causa do excesso de adrenalina no sangue. Daí, na maioria das vezes, a ejaculação (não o orgasmo) vem rápida demais, ou então ele não consegue fazer a penetração.

Estimule os sentidos

A mente é o maior estimulante que existe. Use-a. Instigue a imaginação dele e depois confira os resultados.

Ao pé do ouvido

Mulheres são auditivas, é verdade. Mas homens também gostam de palavras carinhosas ao pé do ouvido. O que dizer fica por conta da sua criatividade, mas elogios à virilidade dele sempre serão bem-vindos.

Tato para começar a química

Para começar, que tal um banho morno, relaxante e com bastante espuma? Assim, não há tensão que resista. Os toques suaves podem se iniciar nesse momento.

O mapa da mina

Assim como a mulher, o homem tem sensibilidade no corpo inteiro e não apenas nos órgãos sexuais. Por isso, aproveite o momento e explore, junto com ele, cada centímetro da pele, sem se importar com a sequência. Use toques suaves aqui e ali, alternado com pegadas mais fortes com as mãos e com a ponta dos dedos, as unhas, uma pena (isso mesmo!) ou, então, com os lábios, a língua e os cabelos. Não deixe de explorar todo o rosto com beijos, e a nuca com carícias.

Guia das preliminares

As preliminares podem começar com um delicioso cafuné, que nada mais é do que um nome carinhoso para uma boa massagem no couro cabeludo e na nuca, áreas de tensão. Aproveite o banho para ajudá-lo a lavar os cabelos. Orelhas são áreas altamente receptivas a beijinhos, mordidas e sopros suaves. O ar quente funciona como estimulante, desde que seja bem de leve.

Aposte no peitoral

Aí está uma zona bastante sensível nos homens. Ajude seu parceiro (re) descobrir os pontos favoráveis dessa região. A maioria desconhece o potencial erótico que a pele pode ter. Não economize. Acaricie todo o peito, os mamilos, brinque com os pelos. Se tiver cabelos compridos, faça cócegas com eles. Para ajudar na festa, experimente passar um cubo de gelo bem devagar em toda a região.

Massagem nas costas

Se existe uma visão que mexe com o imaginário feminino, é a das costas e ombros masculinos bem definidos, sob medida para beijar ou para agarrar na hora H. Se o seu parceiro não for muito chegado a preliminares e acredita que cinco minutos bastam para atingir o objetivo, surpreenda-o com uma deliciosa massagem nessa região. Experimente utilizar um óleo aromático, caprichando nos apertos e nas batidinhas nos músculos dorsais. Massagens são relaxantes e acabam com a ansiedade e isso é tudo o que vocês precisam no início. Se a brincadeira for aprovada, passe para as pernas, os pés, mas desvie dos órgãos genitais. Deixe essa região para o fim.

No ponto!

Nessa altura do campeonato, o felizardo já estará subindo pelas paredes para chegar ao orgasmo. Mesmo assim, não vai resistir aos toques nos órgãos genitais. A melhor saída para agradá-lo é pedir que ele dê pistas de como e onde gosta de ser acariciado. Vocês também podem fazer com que este seja um bom momento para a colocação do preservativo. Ajude-o na tarefa, mas com cuidado. Não se esqueça de tirar os anéis para não correr o risco de um acidente de percurso.

Fonte: http://www.altoastral.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *